Serra terá veículo adaptado para deficientes físicos

Serra terá veículo adaptado para deficientes físicos

Na manhã da quarta-feira (16), o vereador Bruno Lamas (PSB) esteve na Prefeitura da Serra, em reunião com a Secretária de Promoção Social (Seprom), Rosalie Co. Em pauta o compromisso com a questão da mobilidade de deficientes físicos.

O parlamentar destinou, em 2013, emenda parlamentar de R$ 50 mil ao Orçamento Municipal para a aquisição de um veículo adaptado para que portadores de deficiência física do município conquistem a Carteira Nacional de Habilitação CNH.

Esse veículo será adquirido via Seprom e será administrado pelo Conselho de Deficientes Físicos da Serra.

Toda a conversa foi acompanhada pela deficiente e pára-atleta, Eloisa Miranda Fernandes e por sua mãe Maria Emilia Miranda Fernandes.

A Secretária da Seprom, Rosálie Co, se comprometeu em dar andamento ao processo e disse que vai pesquisar sobre qual será o melhor veículo para a finalidade e agradeceu ao vereador pela iniciativa.

Bruno Lamas disse que é uma alegria poder contribuir para que deficientes físicos conquistem sua CNH. A jovem Eloisa enfatizou a ação dizendo que o município deveria ter mais vereadores que se preocupem em fazer leis importantes para o bem-estar da população.

“Agradeço todo empenho do vereador Bruno Lamas que sempre mostrou-se sensível à questão da acessibilidade na cidade e agora aguardo o município entregar o veículo”, declarou.

 

Projeto de Lei

 

A aquisição de um veículo adaptado pelo município faz parte de um Projeto de Lei 230/2011, de autoria do vereador Bruno Lamas, que obriga os CFC´s a adaptarem pelo menos um veículo para que portadores de necessidades especiais obtenham a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O vereador foi procurado pelos CFC´s que argumentaram que um veículo deste poderia custar caro para as auto-escolas. Visando atender todas as partes, o vereador Bruno Lamas decidiu destinar emenda ao Orçamento Municipal no valor de R$ 50 mil, visando a aquisição do veículo pelo município e sua gestão.

A ideia surgiu após conversa com a jovem Eloisa Miranda Fernandes que possui deficiência física. Ela contou a sua história e disse que tinha o sonho de obter CNH e lamentou que os Centros de Formação de Condutores da Serra não ofertem veículos adaptados. Diante desse fato o vereador elaborou a proposta.
“As pessoas com deficiência de ordem física ou motora necessitam de atendimento diferenciado para que possam lidar com os limites e dificuldades decorrentes da deficiência e, simultaneamente desenvolver todas as suas possibilidades e potencialidades. Por isso elaborei esse Projeto de Lei, de acentuada importância social para promover a inclusão social e acessibilidade”, destacou o vereador.
De acordo com o vereador, consta no projeto sanções para o CFC que descumprir o previsto na Lei. O infrator receberá advertência; multa e suspensão do alvará de funcionamento do CFC, pelo prazo mínimo de seis meses.
O Projeto de Lei já foi protocolado e encontra-se em tramitação na Casa de Leis. Ainda dentro da questão da acessibilidade, o vereador Bruno também protocolou Projeto de Lei 42/2012, que também obriga as frotas de táxis a terem veículos adaptados para portadores de necessidades especiais.

 

Quem é ELOISA MIRANDA FERNANDES (foto)

A deficiência de Eloisa é proveniente de um tumor na medula descoberto em seu nascimento. Ao longo de sua vida sofreu muito preconceito, mas superou tudo isso com ajuda de seus amigos, familiares e acompanhamento psicológico. Aos 29 anos, trabalha durante o dia e estuda teologia à noite, além de praticar natação regularmente, por isso esbanja alegria e otimismo ao pensar que o futuro será ainda melhor para os deficientes, tendo em vista a atenção que o Poder Público tem dispensado.

Tags:

Leia também

Acompanhe

Carregando...
Ver mais vídeos